Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

Terça (17) é Dia de Luta em Defesa do Saúde Caixa

A Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), Federações e Sindicatos realizarão na próxima terça-feira (17/10) um Dia Nacional de Luta em Defesa do Saúde Caixa.

“Nós orientamos que os empregados, da ativa e aposentados, utilizem roupas brancas no dia e, se realizarem alguma atividade de rua, tirem e compartilhem fotos nas redes sociais com a hashtag #QueremosSaúdeCaixa”, destaca a coordenadora da CEE (Comissão Executiva dos Empregados), Fabiana Uehara Proscholdt.

Além das atividades de rua, será realizado um tuitaço, entre as 11h e 12h, onde os trabalhadores são chamados a utilizarem também a hashtag #QueremosSaúdeCaixa, além de marcarem o banco (@Caixa) em cada postagem.

Por que a manifestação

O Dia Nacional de Luta foi aprovado pelos trabalhadores contra a postura da direção da Caixa nas negociações em torno da renovação do ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) sobre o plano de saúde.

O banco se mantém intransigente em seu posicionamento de limitar suas contribuições para o custeio do plano no percentual fixado pelo Estatuto da empresa de 6,5% da folha de pagamentos, o que acarretaria em um aumento médio de 85% nas contribuições feitas pelos empregados. Além disso, a área de pessoas da Caixa ainda não repassou aos representantes dos empregados, no grupo de trabalho criado para debater o tema, os dados necessários para a elaboração do estudo atuarial que será utilizado pela consultoria contratada pelas entidades.

“Se esse quadro proposto pelo banco for mantido, resultará na expulsão de milhares de trabalhadoras e trabalhadores, em sua maioria aposentados, do plano de saúde, como ocorreu em outras estatais que passaram por situações semelhantes de desmonte”, alerta Fabiana Proscholdt. “Então, é por essa razão que nós, da CEE, que auxilia a Contraf-CUT nas negociações com o banco, convocamos o dia 17 como um Dia Nacional de Luta para protestar. Nós também aprovamos um segundo Da Nacional de Luta, em 30 de outubro”, completou.

“Entendemos que o Saúde Caixa é uma política de gestão de pessoas. Logo, é importante a Caixa ser mais responsável pelo plano. Também é urgente a retirada do teto estatutário de 6,5% da folha”, reforça a coordenadora a CEE. “Lutamos para que o plano de saúde seja viável para todos os usuários, sejam eles da ativa ou aposentados. Para nós, é extremamente importante a manutenção das premissas que sustentaram até hoje o Saúde Caixa, como solidariedade e pacto intergeracional. Por isso, a participação nestes dois dias de luta, ou seja, nesta terça-feira, dia 17, e depois, no dia 30 de outubro, é fundamental para demonstrarmos à direção do banco nosso poder de mobilização”, convoca Fabiana Proscholdt.

Como participar do dia de luta

  • Trabalhadoras e trabalhadores da Caixa, da ativa e aposentados, são chamados para participar, na próxima terça, 17 de outubro, do Dia Nacional de Luta em Defesa do Caixa Saúde.
  • As atividades serão realizadas tanto nas portas das agências e unidades da Caixa, quanto nas redes sociais.
  • Para as ações nas agências e unidades da Caixa, os trabalhadores são orientados a vestirem roupas brancas.
  • Para as ações nas redes sociais, os trabalhadores são convidados a participarem de um tuitaço, entre as 11h e 12h, onde devem utilizar a hashtag #QueremosSaúdeCaixa, além de marcarem o banco (@Caixa) em cada postagem.
  • Outro Dia Nacional de Luta está previsto para o dia 30 de outubro, com o mesmo objetivo de chamar a atenção sobre os riscos que o Saúde Caixa segue sofrendo.

Fonte: Contraf-CUT

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]