Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

Saúde Caixa: por que aprovar a proposta?

A Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), disponibilizou, na sexta-feira (22/12), mais um boletim sobre o Aditivo ao ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) específico sobre o Saúde Caixa.

“Nossa intenção é contribuir com a tarefa de esclarecimento da proposta pelas entidades que não aprovaram o Acordo e vão realizar nos próximos dias uma nova Assembleia para a deliberação”, explicou a empregada da Caixa Econômica Federal e diretora executiva da Contraf-CUT, Eliana Brasil. Em comunicado, a Contraf-CUT orientou que as entidades que tomarem esta decisão, realizem a nova Assembleia até 16 de janeiro.

Para baixar o material clique na imagem abaixo:

Pra aprovar na certeza

O Acordo específico do Saúde Caixa passa a valer a partir de 1º de janeiro nas cerca de 74% das bases sindicais do país já o haviam aprovado nas Assembleias que ocorreram em 5 e 8 de dezembro e também nas que já o aprovaram em nova assembleia, como, por exemplo, os sindicatos de Rio Claro e de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, Naviraí (MS), Jequié, Ilhéus, e Vitória da Conquista (estes três últimos no interior da Bahia).

“Orientamos a realização de novas Assembleias para evitar que as empregadas e empregados da Caixa das bases que não aprovaram o acordo sejam prejudicados”, explicou a coordenadora da CEE (Comissão Executiva dos Empregados) da Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt, ao ressaltar que o acordo negociado e aprovado é mais favorável aos trabalhadores do que vinha sendo sugerido pela Caixa com base nas projeções atuariais do Saúde Caixa.

Diversos materiais

Na mensagem comunicando a disponibilização do boletim enviada às entidades, a Contraf-CUT ressalta que os diversos materiais, produzidos e distribuídos anteriormente, continuam sendo úteis para o esclarecimento, como a série de perguntas e respostas sobre o acordo, que ajuda a sanar as principais dúvidas, e o simulador de valores das parcelas, que permite a comparação dos valores que serão pagos após a aprovação deste novo acordo com os que a Caixa vinha sugerindo durante as negociações e o boletim anterior.

“Também fizemos uma série de cards que ajudam a explicar o acordo e a tirar as dúvidas que ainda possam restar. É um material que pode ser postado nas redes sociais e enviado por aplicativos de mensagens diretamente às empregadas e empregados”, lembrou o empregado da Caixa e diretor da Contraf-CUT, Rafael de Castro. “Tudo isso está disponível no site da Contraf-CUT, mas em janeiro faremos uma nova distribuição para permitir que os esclarecimentos cheguem mais facilmente a todas às bases que passarão por nova deliberação”, completou.

Fonte: Contraf-CUT

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]