Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

PL na Câmara de Londrina obriga escudos de proteção nas instituições financeiras

A Câmara Municipal de Londrina aprovou na sessão de quinta-feira (31/08) o PL (Projeto de Lei) 27/2023, de autoria do vereador Roberto Fú (PDT), que obriga a instalação de escudo de proteção/cabine de segurança para os vigilantes nos bancos, instituições financeiras e cooperativas de crédito.

Clique aqui para baixar o texto do PL 27/2023.

A votação em primeira discussão o PL teve votos favoráveis dos18 vereadores e vereadoras presentes no Plenário da Câmara. A matéria deverá voltar à pauta em sete dias para que sejam feitas adequações em seu texto para abranger todas as instituições financeiras da cidade.

Na justificativa para apresentar este Projeto de Lei, o vereador argumentou que “nos dias atuais, a violência com roubos e assaltos está presente em muitos lugares das grandes cidades. Por isso, é fundamental que todos os locais busquem aprimorar as formas de segurança e proteção, em especial, as instituições financeiras que são as mais visadas”.

Os diretores do Sindicato de Londrina, Edvaldo Zanutto e Laurito Porto de Lira Filho acompanharam a votação do PL 27/2023, juntamente com dirigentes do Sindicato dos Vigilantes de Londrina.

De acordo com Zanutto, o vereador Roberto Fú atendeu à solicitação feita pelo Sindicato para que altere o texto no sentido de estabelecer a obrigação de instalar os escudos/cabines de segurança nas instituições bancárias e instituições financeiras para contemplar todas e empresas do setor. “Nos últimos tempos os bancos estão alterando o perfil das agências, transformando em agências de negócios, postos de atendimento, lojas e outros estabelecimentos do gênero para fugir da obrigatoriedade de dotar estes espaços com vigilantes, portas com detector de metais e outros mecanismos de segurança, com as cabines blindadas. Este projeto do vereador Roberto Fú vem de encontro com nossa luta para proteger não só bancários e vigilantes, mas também os clientes e todos os usuários dos serviços financeiros”, avalia.

Zanutto, que também é representante do Sindicato de Londrina no Coletivo Nacional de Segurança Bancária da Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), lembra que a aprovação desse PL também vai evitar que o Banco do Brasil, o Santander e demais bancos que têm escudos retirem estes equipamentos de proteção que permitem um campo de visão maior aos vigilantes, essencial para evitar ataques.

Por Armando Duarte Jr.

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]