Skip to content Skip to footer

Após privatização de refinaria, Salvador tem a gasolina mais cara do Brasil

Como os dirigentes da CUT sempre alertam, quando o governo vende para a iniciativa privada uma empresa estatal, os brasileiros e brasileiras é que pagam a conta com a disparada dos preços dos produtos, seja gasolina, gás de cozinha ou energia elétrica.

E em Salvador, onde o preço do litro da gasolina é o mais alto do País, a população está pagando caro a conta da privatização da Rlam (Refinaria Landulpho Alves), feita pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A Rlam foi vendida no final de novembro de 2021, pela metade do preço que valia, para o Fundo Mumbadala, dos Emirados Árabes. Os árabes compraram a refinaria da Petrobras por apenas US$ 1,65 bilhão, quando estudo do Ineep (Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) revelavam que a unidade baiana valia entre US$ 3 bilhões e US$ 4 bilhões.

Gasolina mais cara do País

De acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), em Salvador, o preço médio do litro da gasolina comum chegou a R$ 5,56, o mais caro entre as capitais do Brasil, na pesquisa feita entre os dias 9 a 15 de outubro.

Em apenas uma semana, o preço médio do litro da gasolina em Salvador subiu R$ 0,52, (+10,3%). O menor valor encontrado foi R$ 5,44, e o mais alto, R$ 5,59.

Mesmo antes de o presidente Bolsonaro segurar os reajustes de preços da Petrobras para tentar ganhar a eleição, a refinaria baiana, que agora se chama  Refinaria Mataripe, e é operada pela Acelen, já cobrava os preços mais altos do País. Em maio deste ano, a FUP (Federação Única dos Petroleiros) denunciou reajustes dos combustíveis mais altos que os divulgados pela Petrobras.

Segundo a pesquisa da ANP, feita de 9 a 15 deste mês, o litro mais barato da gasolina no País foi encontrado em Macapá, onde o preço médio foi de R$ 4,48. Na cidade de São Paulo, o valor médio da gasolina foi de R$ 4,72.

Dois reajustes em sete dias

A Mataripe, localizada em São Francisco do Conde, região metropolitana de Salvador, a maior refinaria privada do País, reajustou o preço da gasolina em 2% e o do diesel S10 em 8,9% no último sábado (15).

No sábado anterior, em 8 de outubro, a refinaria já havia anunciado um aumento ainda maior: 9,7% na gasolina e 11,3% no diesel S10.

A Refinaria de Mataripe atende cidades da Bahia e de Sergipe, além de atender outras do Norte e Nordeste. Sua capacidade atual de abastecimento é de 14% de todo Brasil. Também exporta para Argentina e Estados Unidos.

Fonte: CUT Nacional

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2022 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]