Sindicato e empregados ‘comemoram” aniversário da Caixa com luta

Dirigentes do Sindicato e empregados da Caixa protestaram contra o desmonte Dirigentes do Sindicato e empregados da Caixa protestaram contra o desmonte
sexta-feira, 12/01/2018

Durante o protesto foi buscado apoio da população na campanha em defesa da Caixa 100% pública

Para marcar os 157 anos de fundação da Caixa Econômica Federal, o Sindicato de Cornélio Procópio promoveu nesta sexta-feira (12/01) o retardamento do expediente da agência de Santo Antonio da Platina até ao meio-dia.

Com faixas, cartazes e o apoio dos empregados e empregadas, durante a atividade foi ressaltada a importância do banco público para os brasileiros e brasileiras e a luta contra seu desmonte, que vem sendo feito pelo governo Michel Temer (PMDB).

Lidiani Torrecilha Lopes Pereira, diretora do Sindicato de Cornélio Procópio e coordenadora da Regional Vida Bancária da Fetec-CUT/PR, afirma que foi buscado o apoio dos clientes e usuários à campanha em defesa da Caixa.

“Lembramos que estão em jogo diversos programas e serviços desenvolvidos pela Caixa atualmente, como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Seguro-desemprego e a administração do PIS e do FGTS, dentre outros, que poderão ser repassados para bancos privados caso Temer leve à frente essa política de desmonte dos bancos públicos”, aponta.

Para evitar que isso ocorra, Lidiani orienta os empregados e empregadas, o conjunto da categoria bancária, bem como a população em geral, para impedir o avanço da privatização e garantir que a Caixa seja mantida 100% pública.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE