Coletivo de Sindicatos realiza ato contra reforma da Previdência

Coletivo de Sindicatos realiza ato contra reforma da Previdência Coletivo de Sindicatos realiza ato contra reforma da Previdência
terça-feira, 05/12/2017

 O protesto contra a reforma da Previdência foi organizado pelo Coletivo de Sindicatos de Londrina

O Coletivo de Sindicatos de Londrina promoveu na manhã desta terça-feira (5/12), um ato público no Calçadão para protestar contra a reforma da Previdência, que pode ser votada a qualquer momento na Câmara dos Deputados na forma da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 287, elaborada pelo governo de Michel Temer (PMDB).

Como o governo adiou a votação, prevista para ocorrer no dia 6/12, as Centrais Sindicais suspenderam a Greve Nacional convocada para esta terça-feira, mas mesmo assim o Coletivo decidiu manter a mobilização para impedir esse ataque à aposentadoria da Classe Trabalhadora.

Durante o protesto, os dirigentes sindicais distribuíram à população material com informações sobre as principais mudanças nas regras da Previdência, como a idade mínima, que será de 65 para os homens e 62 para as mulheres, a exigência de 15 anos de contribuição para trabalhadores da iniciativa privada e de 25 para os servidores públicos, dentre outros pontos.


Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina, distribui material durante o protesto

No final da manhã os sindicalistas saíram em caminhada pela Rua Professor João Cândido até a agência da Previdência Social, onde houve nova concentração para ressaltar a rejeição à proposta de reforma de Temer que levará ao fim a aposentadoria no País.

“Este ato é mais uma ação do Coletivo de Sindicatos, que reúne entidades de diversas categorias profissionais e está pautado na unidade de luta para salvar os direitos da Classe Trabalhadora que estão ameaçados por esse governo golpista”, afirma Regiane Portieri, presidenta do Sindicato de Londrina.

Por Armando Duarte Jr.

COMPARTILHE